segunda-feira, 16 de março de 2020

7 dicas para criar cadernos mais ecológicos (art journal)

Um diário de arte (art journal) é uma ideia fácil para reutilizar papel. O que é um diário de arte? É um caderno onde são registados pensamentos e ideias de forma escrita ou visual, recorrendo a ilustrações. Para isso, pode ser utilizada qualquer técnica para preencher as páginas: lápis de cor, marcadores, aguarelas, colagens, carimbos, canetas... Cada página será uma obra de arte, única e rica em informações, símbolos, emoções. Assim, apresento sete dicas para elaborar um caderno amigo do ambiente que fará um ótimo diário de arte.

Imagem de justfantasybijuteria.blogspot.pt
Várias páginas (por preencher) de um art journal elaborado num tamanho aproximadamente A6. Todas as folhas foram reutilizadas, sendo compostas por esboços, aguarelas, pedaços de cartolina e de papel craft.

#1 Selecionar várias folhas

Neste caso em que a ideia é reutilizar, devem ser escolhidas folhas que estejam sem utilização como folhas de rascunho escritas a lápis, esboços de desenhos, aguarelas, folhas de impressão (pedaços sem letras), papel de embrulho, pedaços de cartolina, envelopes... Devem escolher-se folhas mais fortes, como cartolina ou cartão, para a capa e contracapa. O fato das folhas serem diferentes e terem, eventualmente, alguns rabiscos ou cores já atribui um primeiro toque artístico ao diário.

#2 Cortar as folhas com tamanhos semelhantes

Os tamanhos não têm de ser necessariamente iguais, mas podem ser ligeiramente diferentes, o que salienta a originalidade do art journal. As folhas podem ser cortadas com guilhotina, xizato ou tesoura. Uma ou outra margem pode ser rasgada.

#3 Efetuar uma encadernação simples

Uma encadernação muito fácil consiste em usar argolas de metal. Estas argolas encontram-se em papelarias. Podem ser mais pequenas ou maiores. O tamanho deve ser escolhido consoante o número de folhas do caderno. As argolas mais pequenas, com cerca de 1,5cm de diâmetro, dão para cerca de 40 folhas. Com este tipo de encadernação, basta furar as folhas com um furador.

Imagem de justfantasybijuteria.blogspot.pt
Várias páginas (por preencher) de um art journal num tamanho A4. Todas as folhas são reutilizadas.

#4 A montagem do caderno

As folhas furadas podem ser organizadas, alternando a sua tipologia, cores, tamanhos, de modo a que surja uma folha diferente da anterior ao virar as páginas. Pois, um diário de arte é surpreendente! Utilizam-se folhas mais resistentes para a capa e para a contracapa. E, no final, colocam-se as argolas. O caderno está pronto!

#5 Trabalhar a capa

A capa pode permanecer simples ou ser mais trabalhada, por exemplo, com um título ou uma frase em destaque, desenhando ou colando as letras. Pode ainda ser enriquecida com uma pintura e até com colagens de recortes, fotografias e mesmo de pequenos objetos, como peças de bijuteria partida ou flores e folhas secas.

#6 Adicionar detalhes

Alguns detalhes incluem: marcadores, pequenos enfeites elaborados com papel ou etiquetas. Podem ser seguidas as dicas sobre etiquetas na publicação "7 dicas para criar embalagens mais ecológicas".

#7 Dar azo à criatividade

Preencher cada página de um modo livre. Por vezes, é difícil começar. Uma dica consistem em criar, em primeiro lugar, um fundo para a página, com várias cores, e, depois, ir adicionando camadas (frases, desenhos, recortes) até uma página rica em detalhes, artística!

4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...