sábado, 8 de outubro de 2016

Há vários tipos de temperos...

Ultimamente, tenho reparado que muitas pessoas têm uma paixão, algo que gostariam realmente de fazer, mas a vida traz demasiados obstáculos, é demasiado complexa e difícil para simplesmente fazer o que gostamos. Rendemo-nos muito, compreensivelmente, ao "tem que ser". As palavras encorajadoras caem na velha expressão "falar é fácil". De qualquer das formas, para quem vê mais além, para quem sonha, ou vislumbra algo diferente para si, é bom manter esse olhar, essa atenção, mesmo que tudo não passe de uma paisagem no horizonte. Só assim é que as coisas podem ir acontecendo. Só assim, quando não fazemos dos atuais problemas o único foco. Há algo mágico em "ver de fora", em não nos identificarmos com os problemas. Há uma perceção expandida da vida, que nos mostra aquele "algo mais" que todos parecem saber que falta num dia a dia tão atribulado.

4 comentários:

  1. Verdade,deveríamos lutar mais pelo que realmente gostamos :P

    ResponderEliminar
  2. Epa eu acho que as pessoas estao a perder a sua essência... estao a ficar tao futeis, especialmente os mais novos, ja nao sabem o que é lutar pelas coisas. Beijinhos. 😊😊😊

    ResponderEliminar
  3. Vive-se muito "rápido", "à superfície"...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...